quinta-feira, Outubro 20, 2005

PAULO BENTO. SIM OU NÃO? 

Ao que parece, poderá haver volte-face na nomeação de Paulo Bento para treinador principal do Sporting. E tudo, porque há quem se tenha insurgido com essa possibilidade, nomeadamente pessoas pertencentes à Juventude Leonina. Não foram estes que também "impediram" a nomeação de José Mourinho há uns anos atrás?
Vão por eles, que são experts...

QUE CRUELDADE! 

Benachour realizou uma excelente exibição na Rússia Hoje assisti a um dos jogos de equipas portuguesas nas competições europeias, onde a injustiça esteve presente durante os 90', para a qual muito contribuiu um senhor de nome Delevic. Simplesmente incrível e cruel a forma como o Guimarães perde na Rússia um jogo onde merecia vencer, tal a excelente exibição que protagonizou, e ainda com a agravante de ter jogado mais de 2/3 do tempo com menos uma unidade.
Aconteceu de tudo aos vimaranenses: uma expulsão, um penalty contra, dois penalties a seu favor que ficaram por assinalar, duas bolas nos ferros, um golo muito mal anulado, entre outras coisas que a arbitragem sérvia "inventou". Mesmo assim, estiveram tão perto da merecida reviravolta no marcador, e deixaram uma imagem muito boa perante o 3º classificado do campeonato russo.
A continuarem assim nos próximos 3 jogos, os comandados de Pacheco têm capacidade para passarem à próxima fase.

PS: Benachour e Targino são dois elementos que podem aspirar a outras cores clubísticas...

quarta-feira, Outubro 19, 2005

VIOLAÇÃO! 

Cristiano Ronaldo foi ouvido por suspeitas de violação. A fama tem destas coisas...

O GUARDIÃO 

Moreira foi operado e vai ficar no estaleiro durante 6 meses. Quim lesionou-se ontem (quer dizer, já tinha começado o jogo inferiorizado) e Rui Nereu perfila-se como titular para o jogo de sábado. O jovem guarda-redes da equipa B do Benfica estreou-se com um conjunto de excelentes intervenções no jogo contra o Vilarreal, mas o que realmente saltou à vista foi a (aparente) calma que mostrou ao longo dos 65' que esteve em campo.
Já tinha tido informações muito positivas sobre o atleta e o que vi ontem deixou-me realmente curioso para ver a sua futura evolução...

FIM DA LINHA 

Peseiro já não é treinador do Sporting, para alegria de milhares de adeptos leoninos. Mas foi triste ver o homem pedir desculpa pelos erros cometidos, junto de dois indivíduos que têm muita da culpa pelo que se passou em Alvalade: Dias da Cunha e Paulo de Andrade. No reino do leão, não há rei nem roque e está tudo a saque...

PS: li num jornal desportivo que Litos pode ser o futuro treinador do Sporting. É só rir...

É TÃO SIMPLES NÃO INVENTAR 

O FC Porto alcançou os primeiros pontos na Liga dos Campeões O FC Porto levou de vencida o Inter por 2-0, depois de uma verdadeira revolução operada por Co. Colocou Pedro Emanuel a comandar a defesa, secundado por Pepe (só falta mesmo entrar Jorge Costa) e estreou Ceh (boa surpresa), e um meio campo formado por 4 unidades que controlou o jogo praticamente durante os 90'.
Os portistas jogaram simples, prático e hoje tiveram a sorte do seu lado, com os dois golos a terem a ajuda dos defensores italianos. Mas foi justo, e o resultado permite aos dragões continuarem a sonhar com a passagem à próxima fase.

PS: finalmente foi concedida a titularidade a Hugo Almeida, que tem tudo para ser o futuro ponta de lança da Selecção.

domingo, Outubro 16, 2005

VOLTA, JORGE COSTA! 

Nuno Gomes acabou com o jejum de 14 anos sem vitórias benfiquistas no Porto
Nuno Gomes acabou de marcar o primeiro golo encarnado no Dragão. Reparem no ar de Bosingwa, como que perguntando como foi possível tal falha de marcação - curiosamente foi dele. Co Adriaanse tem cavado a sua própria sepultura, apesar de todas as qualidades que lhe reconheço, ao não entender que é a partir da defesa que se constrói uma equipa, e o onze portista não tem um líder à altura das suas aspirações. Bruno Alves e Ricardo Costa são sofríveis, César Peixoto é uma adaptação que por muito bem que se enquadre nas operações ofensivas, defensivamente não cobre convenientemente os espaços, e Bosingwa é talvez o melhor elemento do quarteto defensivo, mas mesmo isso não abona a seu favor, porque também ele é um lateral direito adptado.
Apesar dos seus 34 anos, Jorge Costa é necessário para comandar a defesa portista que, a continuar assim, vai continuar a sofrer muitos dissabores. É assim tão difícil entender, Co?

PS: Bruno Alves fez uma falta sobre Nuno Gomes que revela o seu nível enquanto jogador e demonstra a sua dificuldade em controlar as emoções. E a reacção posterior não tem desculpa; provavelmente não volta a "calçar" no onze titular.

PS1: Co diz que não viu lenços brancos a serem agitados. É um facto, porque o que eu também vi foram plásticos brancos. Agora, dizer que eram apenas benfiquistas ou ainda afirmar que nunca disse que ia embora se visse lenços brancos, é atirar poeira para os olhos das pessoas. Presunção e água benta...

sábado, Outubro 08, 2005

A FACE DA VITÓRIA 

Image hosted by Photobucket.com
Angola conseguiu materializar o sonho de estar no Mundial 2006, após a vitória por 1-0 no Ruanda. Mas só aos 80' Akwá - lembram-se dele? -, a alma da equipa angolana, carimbou o passaporte com uma excelente cabeçada. A alegria de um povo martirizado pela guerra e pela fome é um prémio merecido. Parabéns ANGOLA!

segunda-feira, Outubro 03, 2005

EMPATE NO CALDEIRÃO DOS BARREIROS 

O Marítimo empatou em casa 2-2 com o FC Porto, num jogo electrizante, com muitos casos à mistura. Se na primeira parte, houve muito Marítimo para pouco FC Porto - a defesa portista é um autêntico "passador" -, na segunda metade os papéis inverteram-se e, mais uma vez, Co meteu toda a carne no assador, conseguindo dar a volta ao marcador, para ver já nos minutos finais a equipa madeirense chegar ao empate, conferindo alguma justiça, pelo número de oportunidades repartidas.


PS: o Marítimo viu um golo ser anulado por pretenso fora-de-jogo do seu marcador. Nas imagens vê-se que Bruno Alves ainda se encontra dentro do terreno de jogo quando o passe é efectuado para o jogador maritimista, mas mesmo que não se encontrasse dentro do campo, o seu gesto para sair das quatro linhas é premeditado, o que de acordo com as regras, faz com que o golo tivesse sempre de ser validado. Erro grave do auxiliar e do árbitro Duarte Gomes.

domingo, Outubro 02, 2005

PAÇOS TROCADOS 

Peseiro está mesmo KO, depois da derrota desta noite em Paços de Ferreira, por claros 3-0, e onde mais uma vez, resolveu apresentar um onze "arriscado", com a colocação do lento Polga a defesa esquerdo (!), vendo a equipa da casa chegar à vantagem com um livre sem hipóteses para Nélson e com um lance infeliz de Beto.
Depois dos 45' de avanço, coloca um lateral esquerdo de raíz (Paíto) e reformula o meio campo, mas o mal já estava feito e a equipa leonina continua a demonstrar uma enorme fragilidade psicológica, à qual também não serão alheias as declarações de Peseiro, quando antes do jogo declarou que o seu conjunto não está forte!! Final do jogo surreal, com Ricardo - entrada ao intervalo por lesão de Nélson - a conversar com os adeptos que, completamente irados, já não podem com o ribatejano.
Mais uma vez, senti pena de Peseiro, mas a verdade é que a sua fragilidade e tendência para "inventar" não ajudam a garantir-lhe a posição. E, ao que parece, Couceiro já está à espreita...

CUIDADO COM AS GRIPES 

Pessoal que vá ao Dragão assistir a jogos, evite ir constipado. Mas se for, não se assoem ou, pelo menos, não usem lenço branco, não vá o Co pensar que estão a acenar para ele, e bata com a porta...

sexta-feira, Setembro 30, 2005

HUGO LEAL 

O Braga realizou uma excelente exibição perante o Estrela Vermelha, mas a falta de alternativas atacantes ditou, e de que maneira, o desfecho da eliminatória. Mas vem este texto a propósito de um jogador que está a comandar a intermediária arsenalista: Hugo Leal. O jovem, que em tempos saiu em litígio com o Benfica e calcorreou caminhos em Espanha e França – sem grande sucesso – parece interessado em demonstrar que as qualidades que se lhe reconheciam estão agora a aparecer. No jogo de ontem, foi responsável por inúmeras recuperações de bola e tentou coordenar o futebol do Braga, mostrando que está mais maduro, sendo uma peça imprescindível no grupo de Jesualdo Ferreira.

GUARDA-GALINHEIRO 

Depois da exibição de ontem protagonizada por Nelson, será que se vai ouvir outra vez falar de Ricardo?

AINDA HÁ CRÉDITOS PARA IR A JOGO? 

Peseiro dizia antes do jogo de ontem que tinha crédito junto dos sócios leoninos. Após a derrota e consequente eliminação – com graves implicações a nível de receitas – não sei se as fichas para a ir a jogo não se esgotaram. O ribatejano tem perante si um balneário claramente descontrolado, e as conferências de imprensa continuam a mostrar um treinador frágil, incapaz de transmitir uma liderança firme.
A SAD continua a fazer ouvidos de mercador, mas parece que a situação está perto do ponto de ruptura; se o ano passado a equipa praticava bom futebol, este ano a situação é completamente diferente, e a não entrada na Champions seguida desta eliminação, fazem crer que a vontade de Dias da Cunha e seus pares pode em breve cair por terra, até porque sem um líder incontestado, não há “empresa” que aguente.
De qualquer forma, para quem vê esta situação de fora para de dentro, também parece que a culpa não morre apenas no ribatejano, pois é claro que falta no meio campo sportinguista quem pense o jogo. O fantasma de Pedro Barbosa ainda paira em Alvalade…

SÓ SOBRA UM 

Afinal, as expectativas portuguesas saíram furadas, uma vez que somente o Vitória de Guimarães conseguiu passar à fase de grupos, com um total de 2 vitórias sobre os campeões polacos do Wisla Cracovia. O Vitória de Setúbal não conseguiu levar o sonho de eliminar os italianos da Sampdoria, e o Braga, apesar do massacre que foi o jogo de ontem, encontrou pela frente um guarda-redes sérvio inspirado e um Estrela Vermelha que aproveitou a única grande oportunidade que dispôs. Finalmente, a grande surpresa da noite foi protagonizada pelo Sporting, que “conseguiu” ser eliminado em Alvalade XXI pelos semi-profissionais do Halmstads, deixando a situação de Peseiro ainda mais complicada.
Quem se lixa é Portugal, que este ano poderá ter ser sérios problemas para amealhar pontos para o Ranking.

quinta-feira, Setembro 29, 2005

UMA LIÇÃO EM ESLOVACO 

O Porto complicou, e de que maneira, a passagem à próxima fase da Liga dos Campeões ao perder em casa com o Artmedia. Co bem pode vir a público assumir culpas do fracasso, mas ficou patente que se para consumo interno, a defesa portista poderá chegar para as encomendas, a nível internacional já deixa algo a desejar. De qualquer forma, não se compreende muito bem como é que o FC Porto, jogando em casa, e estando a ganhar por 2-0, não consegue controlar a partida, deixando-se perder com golos na contra-ofensiva; um pouco à imagem do Sporting na final da Taça UEFA, onde o agora pragmático Peseiro seduziu-se pelo futebol de ataque, esquecendo-se que o resultado era favorável. Em 2 jogos, 6 golos sofridos e zero pontos somados perante as teoricamente mais fracas equipas do grupo, seguindo-se o Inter de Milão…

terça-feira, Setembro 27, 2005

VREES OM TE WINNEN 

O Benfica poderia ter dado um passo de gigante rumo à fase seguinte Como diz o título deste post, o medo de vencer levou à derrota do Benfica em Old Trafford, perante o Man Utd mais acessível dos últimos anos.
Koeman "perde" o jogo quando a sua equipa, que controlou a partida durante quase 90 minutos, chega ao empate e estranhamente recua, quando deveria aproveitar a intraquilidade da equipa adversária. O holandês, que antes do jogo tinha afirmado que não ia jogar à defesa, tira Miccoli e lança João Pereira, avançando uma nulidade chamada Beto para apoiar(!) Nuno Gomes. Os ingleses aproveitaram a deixa e chegam à vitória a 5 minutos do fim, esfumando-se a possibilidade do Benfica materializar no campo a fama que ainda tem na Europa do futebol, apesar da boa imagem que deixou no "Teatro dos Sonhos".
Apesar de tudo, esta equipa ainda tem muito para crescer a nível internacional e o seu treinador continua a demonstrar algumas lacunas na leitura de jogo - Beto foi o melhor exemplo.
Os encarnados mantêm-se nos dois primeiros lugares do grupo, mas hoje a fase seguinte poderia ter ficado muito mais próxima...

domingo, Setembro 25, 2005

PASSEIO NA ILHA 

Ele são prémios para quem marcar o primeiro golo contra o Chelsea, ele são críticas para o futebol praticado pelos Blues, mas a equipa de Mourinho não dá tréguas e já são 7 em 7. Azar dos azares, os principais concorrentes teimam em perder pontos, deixando o caminho aberto para a revalidação do título. Que culpa tenho eu que não compliquem as coisas, pensará Mourinho e os seus atletas.

MAIS UM...BOM(N)AMIGO 

Carlos Pereira descobriu o problema de que padecia o Marítimo: faltava um tradutor para explicar convenientemente as indicações ao camião de brasileiros que compõem o plantel verde-rubro. Vai daí, contratou o - obviamente - brasileiro Paulo Bonamigo para treinador principal do Marítimo. Siga o bailinho da Madeira...ou será melhor dizer, siga o Carnaval na Pérola do Atlântico?

SOFRIMENTOS 

Peseiro continua a sofrer em Alvalade. Ou serão os adeptos a sofrer? Os leões ganharam 1-0 a um Setúbal que jogou 70 minutos em inferioridade numérica, mas fizeram uma exibição q.b., falhando inclusivamente uma grande penalidade. Ganharam, o que é importante depois de uma derrota e quando o FC Porto ameaça fugir, só que o ribatejano continua a pôr-se a jeito para as críticas da massa associativa pois substituir Liedson por Beto foi lesa-crime aos olhos dos adeptos. Salvou-se a vitória...

PS: fui só eu a achar que Moretto foi mal expulso? A falta foi cometida por Bruno Ribeiro...

MAIS PORTO... 

Pela primeira vez, vi o FC Porto ao vivo esta época, o que me permitiu analisar aquilo que as Tv's não deixam ver. E o que assisti foi a uma equipa que faz pressão a campo inteiro, em que as peças estão claramente identificadas com aquilo que Co Adriaanse pretende. O Belenenses, logo nos minutos iniciais, podia ter amargado a boca aos 40 mil adeptos que se deslocaram ao Dragão - um estádio maravilhoso -, mas Baía está em grande forma e impediu a "gracinha" ao clube do Restelo. McCarthy parece ter um gosto especial em marcar golos aos azuis do Restelo e Lucho é cada vez mais um luxo no meio campo portista.
Só não consigo entender tanta arrogância no discurso de Co, apesar de muitas coisas que ele diz serem verdade. A última foi considerar que Braga ou Belenenses não são boas equipas tecnicamente; gostaria de entender qual o conceito que utiliza...

terça-feira, Setembro 20, 2005

NORTON DE MATOS 

Já tinha escrito em tempos que me fazia alguma confusão o Setúbal criar uma equipa B, quando no decorrer da época passada tinham surgido tantos problemas financeiros. Dizem-me que Mourinho e o homem dos petro-dólares estão por detrás do projecto, mas a verdade é que à 4ª Jornada Norton de Matos veio a público queixar-se de atrasos no pagamento de vencimentos. Como "prenda", leva com a rescisão de contrato.
O treinador dos setubalenses limitou-se a dizer uma verdade, por muito que doa aos dirigentes do clube do Sado. É que a liberdade de expressão ainda existe neste país...

4ª JORNADA 

Já não há equipas com o máximo de pontos. Braga e Porto fizeram um excelente jogo que merecia golos, com os dragões a mostrarem que futebol espectáculo é com eles. Já o Benfica afastou alguns fantasmas perante um fraco U.Leiria, enquanto que Peseiro meteu o pé na poça, com substituições que "partiram" a equipa perante o Nacional do matreiro Manuel da Mula. O Belenenses de Carvalhal também parece querer assumir-se nos lugares cimeiros, ao vencer um Guimarães que Pacheco considera ser "macio" demais para seu gosto. António Sousa mantém os vilacondenses com um excelente registo, ao passo que Carlos Brito e o seu Boavista parece querer seguir a sina dos empates. O Vitória de Setúbal, com ordenados em atraso, venceu um Gil Vicente que deve ter ficado com uma malapata desde que derrotou o campeão. Marítimo e Penafiel ainda têm muito que penar, assim como a Académica, que viu o Paços de Ferreira amealhar mais 3 preciosos pontos para a manutenção no escalão maior.
O campeonato ainda vai no início, mas promete animação...

sábado, Setembro 17, 2005

CO(M) CERTEZA 

Image hosted by Photobucket.com
Mais uma vez, o técnico do FC Porto colocou (meio) dedo na ferida: o futebol português carece de público nos estádios, porque o espectáculo não é apelativo, além de que o sistema disciplinar também se encontra desajustado. E disse meio dedo, porque se calhar ainda não entendeu que os preços praticados continuam muito desajustados para o poder económico do português comum.
De qualquer forma, é indesmentível que todos nós gostamos de bom futebol, e nos recusamos a pagar 20 ou 30 € (quando não mais) para irmos ver um jogo que é apenas sofrível e onde emotividade aparece a espaços. Só pelo facto de colocar os dragões a praticar um futebol que tem tanto de ofensivo como de positivo, já tem os meus aplausos. Que muitos sigam o seu exemplo, sem descurar os pontos, que no fundo é o que decide o futuro dos clubes.
Sobre a questão disciplinar, nomeadamente os jogadores só serem castigados ao 5º amarelo, também concordo que devia ser antes - ao 3º, como nas competições europeias - o que obrigaria os jogadores a outro cuidado, para mais quando as regras disciplinares estão a tornar-se mais apertadas. Luís Guilherme já veio defender a posição do técnico portista, mas quem decidiu os critérios disciplinares foram os próprios clubes, daí que tudo isto acabe por cair em saco roto. Bom seria que mais gente abrisse os olhos para estas opiniões...

sexta-feira, Setembro 16, 2005

UEFA 

Foi uma quinta-feira agradável para as equipas portuguesas envolvidas na Taça UEFA, que saldou-se em 2 vitórias e outros tantos empates. Uma vez que as TV's portuguesas fizeram o "favor" de só dar os jogos de Sporting e Setúbal, pouco se pode falar dos restantes, a não ser pelo velho relato radiofónico.


o Setúbal vai ter tarefa muito complicada em Itália
Começou a ronda o Setúbal, de regresso à Europa e aos confrontos com italianos. O empate caseiro a 1 bola com a Sampdoria, não é um resultado muito positivo, mas também não deita por terra as hipóteses de uma equipa inexperiente, mas que tem 2 ou 3 jogadores bem interessantes e que também podem causar embaraços em Génova, se bem que do outro lado esteja uma equipa tipicamente italiana, que aproveita as poucas oportunidades que surgem - como foi o caso do golo de Flachi -. De reter ainda o excelente golo de Tchomogo e o pouco público presente. A propósito, ainda gostava de entender que critérios tem a UEFA para considerar que o Bonfim não tem condições para receber jogos internacionais à noite, quando as Selecções Nacionais aí já jogaram várias vezes.


Wender marcou o primeiro golo ao serviço do Sporting
O Sporting foi à Suécia ganhar e praticamente garantir a passagem da eliminatória, num jogo em que a exibição leonina foi fraca, perante uns suecos aguerridos e que causaram muitos calafrios ao último reduto sportinguista. A verdade é que sem carregar no acelerador, Wender e Deivid marcaram os golos que deram a reviravolta no marcador de uma partida onde os bocejos foram muitos. Peseiro, e muito bem, manteve Nélson na baliza leonina e parece que Ricardo ainda vai ter de "penar" um bocado para recuperar o lugar. Ou talvez não...


O Braga conseguiu não sofrer golos na deslocação a Belgrado
O Braga foi ao Maracanã de Belgrado alcançar um excelente empate a zero perante o Estrela Vermelha, mostrando que a equipa de Jesualdo está mais experiente, não quero repetir o fracasso da época passada diante do Hearts. Perante 40 mil espectadores, e fazendo fé nos comentários, os bracarenses foram capazes de controlar a pressão dos sérvios e ainda criaram oportunidades para marcar o tão desejado golo fora de casa. De qualquer forma, o resultado é positivo e abre muito boas perspectivas para o jogo da 2ª mão, onde acredito que os jogadores do Braga não vão querer perder a oportunidade de entrar na fase de grupos.


o Guimarães praticamente sentenciou a eliminatória com o Wisla Cracóvia
O Guimarães de Pacheco parece ter encontrado o rumo das vitórias nas competições europeias. Depois de 3 derrotas para a Liga Betandwin, despacharam os polacos do Wisla Cracovia por 3 golos sem resposta, permitindo encarar a viagem à Polónia com bastante fôlego. O resultado acaba por surpreender, tendo em conta a valia do conjunto polaco, mas sobretudo pela inconstância exibicional que vinha sendo manifestada pelos vimaranenses. Um penalty abriu o marcador e dois golos num espaço de um minuto, já na etapa complementar fizeram o resultado, e garantem a Jaime Pacheco e atletas um capital de confiança muito importante para "recomeçarem" o campeonato português.

quarta-feira, Setembro 14, 2005

RESQUÍCIOS DE GLASGOW 

Pepe não faz esquecer o capitão Jorge Costa
Jorge Costa está actualmente lesionado, mas o jogo de ontem confirmou aquilo que em tempos já afirmei: o Bicho ainda tem muito para dar a este FC Porto, e com ele a comandar a defensiva portista, duvido que tivessem saído derrotados da Escócia. Pepe - apesar dos dois golos - e Ricardo Costa são apenas sofríveis, e Pedro Emanuel não é o lider que os dragões sempre tiveram no eixo defensivo. Valha a Co que César Peixoto está a dar-se às mil maravilhas na nova posição.
Pelo meio, Sokota teve mais uma vez o azar a bater-lhe à porta: rotura de ligamentos e mais 6 meses no estaleiro, depois de muitos meses "perdidos" nos ginásios da Luz. É pena, porque o croata, apesar de não ter ainda marcado nenhum golo pelos dragões, já demonstrou ter qualidades para ter lugar na frente de ataque, pelos espaços que abre para os companheiros.

Sobre a equipa, fica a ideia que afinadas as questões defensivas, esta equipa tem todas as condições para jogar na Europa ao mais alto nível e para ficar num dos dois primeiros lugares do Grupo.

DE CABEÇA PARA A VITÓRIA 

Miccoli festeja o golo da vitória encarnada
3 minutos de acréscimos concedidos pelo árbitro. Os adeptos benfiquistas desesperam, pois mais uma vez os golos não surgem, e a estreia do Benfica na Champions League vai saldar-se por um empate com o Lille. Surge o cruzamento de Mantorras, e Miccoli num gesto perfeito, cabeceia sem hipóteses para Tony Silva - nome pomposo para guarda-redes - e faz único tento da partida, dando os 3 pontos à equipa de Koeman, que no banco suspira de alívio, quando já se preparava para uma valente assobiadela. Nas bancadas, a euforia instala-se e os adeptos vibram com o golaço do italiano.
No fim de contas, Miccoli apenas colocou justiça no marcador, pois foram sempre os encarnados a controlar o encontro, apesar dos franceses terem disposto de algumas boas oportunidades, num jogo em que Koeman simplesmente não "inventou", colocando um onze com posições definidas. Assim é mais fácil, ou não?


PS: fala-se tanto da Nação benfiquista, mas ao que parece, apenas 32 mil espectadores estavam presentes no estádio...

DESEQUILÍBRIOS 

O FC Porto começou mal a campanha europeia com uma derrota na Escócia, que pode ser decisiva na passagem à próxima fase, mas jogou o suficiente para ganhar. O problema foi mesmo o desequilíbrio existente na equipa, quase como a velha história de tapar os pés e destapar a cabeça, ou vice-versa. É que os dragões têm um futebol ofensivo de grande qualidade, capazes de criar oportunidades atrás de oportunidades, mas não têm uma defesa que acompanhe essa qualidade, e por isso acontece sofrer 3 golos de uma equipa escocesa que está a milhas do FC Porto, mesmo que tenha a atenuante de ter sofrido o último golo quando já estava a jogar com menos um jogador, por lesão de Sokota - mais uma, a juntar às que tinha no Benfica.
Nada está perdido, longe disso, mas a realidade é que é uma derrota que custará a engolir a jogadores e adeptos...

domingo, Setembro 11, 2005

LEÃO MAIS FORTE NAS VOLTAS DA ÁGUIA 

Image hosted by Photobucket.com Tal como as águias andam à roda para marcar a presa, assim Koeman anda para encontrar um rumo e uma estratégia para a sua equipa. Só assim se pode compreender tanta confusão que o holandês preparou para o derby: manteve o esquema de 3 centrais e colocou Carlitos, Miccoli e Karagounis no onze inicial. O português representado por José Veiga foi uma nulidade, ao passo que os dois estrangeiros estavam longe do resto da equipa. Peseiro não inventou e deixou os neo-reforços no banco, só os lançando no final da partida.
Ricardo Rocha viu Paulo Costa cumprir com a lei aquando da sua expulsão directa e Liedson, mais uma vez, conseguiu molhar o bico com uma cabeçada portentosa que sentenciou a partida.
O resultado é justíssimo face ao desenrolar da partida e o Benfica tem mesmo muito trabalho pela frente - com ou sem papagaios - porque 8 pontos já são qualquer coisa e Koeman ainda não parece capaz de apresentar um onze fiável e, principalmente, com os jogadores nas posições correctas...

CO MANDA 

Image hosted by Photobucket.comEste FC Porto tem alma até Almeida e Co é um comandante que se impõe a cada dia que passa. Pôs de parte McCarthy, pois há horas para ir ao cabeleireiro, e ganhou mais pontos na sua autoridade perante o grupo de trabalho. Pelo meio, ainda coloca a equipa a jogar um futebol agradável e sem perder a cabeça perante um aguerrido Rio Ave, que só desmoronou a 3' do final, quando Quaresma inventa o golo que dava justiça ao marcador. Alan e Hugo Almeida ainda fizeram o gosto ao pé, e as substituições operadas pelo holandês acabam por resolver o jogo.
Peixoto quer mesmo agarrar o lado esquerdo, mas do lado direito Sonkaya ainda tem muito que pedalar - vale não ter concorrente - para fazer a diferença, ao passo que Diego e Jorginho já fazem mossa. Sokota não entra - ainda - nas contas, e atenção que o português Hugo Almeida já leva 2 golos em tantas oportunidades...
Três jogos, três vitórias e temos a máquina a começar a carburar...

This page is powered by Blogger. Isn't yours?